2005-03-08

Rasputine


«É óbvio que sou um ladrão. Mas aquilo que roubo, gasto. Faço o dinheiro circular. Há montes de pessoas que vivem graças áquilo que eu gasto depois de um roubo.»

1 comentário:

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »