2005-08-04

Der deutsche Duft

O cheiro é um aspecto fundamental da cultura de qualquer país - tão importante e característico quanto a literatura, a gastronomia ou a língua. O povo alemão, por exemplo, cheira maravilhosamente bem. Em Berlim, mal entramos numa carruagem do metro da cidade, as nossas narinas são presenteadas com uma mistura exótica de rosas, Marzipan e alecrim queimado.

5 comentários:

Vera disse...

Estou a ver que estes posts de Berlim só me despertam maus sentimentos... que inveja!
Tens razão em relação à importância do cheiro. Portugal até cheira bem (fora dos transportes públicos).

S0LO disse...

Cheira bem, cheira a Lisboa :P!

Cumps.

Anónimo disse...

“Para a esmagadora maioria dos portugueses, a revolta da tropa em 28 de Maio foi uma acção libertadora – e a chegada de Salazar ao poder foi um alívio” – José António Saraiva

“A pouco e pouco vão-me dando razão” – Quitéria Barbuda in “Ás Armas, Ás Armas, pela Pátria Lutar”, Revista “Espírito”, nº 15, 2005.

“Em 31 anos de pseudo Democracia, tivemos 23 governos, o que quer dizer que cada um durou em média 16 meses” – Quitéria Barbuda in “Ás armas, pela Pátria Lutar”, revista “Espírito”, nº 15, 2005.

www.riapa.pt.to

o velho disse...

Ir a Berlim deve ter sido uma experiência bastante enriquecedora. Se um dia puderes vai a Viena, é deslumbrante. É bom que possamos guardar um cheiro bom e típico de um país como recordação. Infelizmente Portugal cheira a fumo e cinza, gostaria que voltasse só a cheirar a sardinha assada e a mar. Cumprimentos.

Isabel Fernandes

Anónimo disse...

Where did you find it? Interesting read bingo http://www.pictures-buick-lesabre.info Levitra reg vardenafil hcl debt consolidation leather wing chairs new or used Picture of adult acne fitness info