2004-10-15

Mais Marcelo

Ainda a propósito do caso Marcelo, há agora uma tendência extraordinária de opinião entre alguns blogues segundo a qual a vítima é o Ministro censor e não o comentador censurado. O raciocínio destas cabeças é pouco claro, mas parece resumir-se ao seguinte: que é perfeitamente aceitável que seja afastado um comentador, ouvido e respeitado por milhões de pessoas, apenas porque incomodou um Ministro; que é também normal que o mesmo Ministro, a ter razões de queixa, tenha recorrido a semelhante expediente e não aos tribunais; que Marcelo não pode comentar nada desacompanhado de um contraditor (coisa que, aliás, esses blogonautas não têm, tal como Santana Lopes não tinha nos seus tempos de opinador); e que incidentes como a censura de Marcelo, o bloqueio às activistas holandesas pró-aborto e o exílio dos bonecos da Contra-Informação da RTP para horários indecentes são apenas uma sucessão de coincidências inocentes. Bom senso para quê? Qualquer dia, pode ser que estes mesmos blogonautas se manifestem em solidariedade com os fascistas pela invasão da Etiópia ou com a Bruxa Má pelo envenenamento da Branca de Neve.

4 comentários:

cantadeira disse...

eSSE TIPO DE CENSURA É INCOMPREENSIVEL, sobretudo por parte dum Governo que se diz democrático, e quem arrajna justificações para ela, é um mentecapto ou um asno...
Valeria Mendez

Anónimo disse...

Cool guestbook, interesting information... Keep it UP
» » »

Anónimo disse...

What a great site
» » »

Anónimo disse...

Best regards from NY! guranteed instant approval payday loans Nexium acid reflex Pinehurst furniture Eczema allergy shop full sofa sleepers Tijuana anal fucking http://www.penis-pumps-6.info/Penis2.html History of cabinet making Local heating grants penis pnlargement Bbw bath Withdrawl symptom from xanax awning nr sale Butalbital+and+acetaminophen pontiac 4 x heads shell driveways